Rock in Rio terá as bandas brasilienses Faluja e Móveis Coloniais de Acaju

Depois de sua terceira edição, em 2001, o Rock in Rio se internacionalizou, montou palco quatro vezes em Lisboa e duas em Madri. Uma década depois de passar pelo Rio pela última vez, o evento carioca volta à cidade onde nasceu e que lhe dá nome. O Rock in Rio 2011 segue de hoje a domingo e, semana que vem, de 29 de setembro a 2 de outubro. Durante os sete dias de shows, a Cidade do Rock (estrutura montada para abrigar o festival, localizada na Barra da Tijuca) receberá dezenas de atrações, nacionais e internacionais, em uma programação bastante eclética.

Além da homenagem à Legião Urbana, programada para a próxima quinta com a participação da Orquestra Sinfônica Brasileira, Dado Villa-Lobos, Marcelo Bonfá e convidados, a música de Brasília será representada em mais duas ocasiões, tanto no dia de abertura quanto no de encerramento do evento.

Hoje, a partir das 14h40, a banda Móveis Coloniais de Acaju inaugura o Palco Sunset na companhia da baiana Orquestra Rumpilezz e da cantora paulistana Mariana Aydar. Os primeiros acordes ouvidos no último dia do festival serão tocados pela banda Faluja, que também está encarregada de abrir os trabalhos no Sunset.

“Quando recebemos o convite da produção, foi aquele impacto”, conta o baixista Fábio Pedroza, integrante dos Móveis. “Mais novo, eu almejava tocar no Abril pro Rock e no Porão do Rock. O Rock in Rio estava além do meu horizonte. Acho que toda banda sonha em tocar num festival desse porte. Não só pelo tamanho do festival, mas pelo reconhecimento que é participar dele”, continua Pedroza.

Móveis, Orquestra Rumpilezz e Mariana Aydar serão os primeiros a se apresentar na dinâmica do Palco Sunset, que tem como proposta o encontro — exclusivo — de artistas. Ao longo de 50 minutos, eles se revezarão no palco, mostrando músicas próprias e interagindo uns com os outros.

Recentemente, Letieres Leite, saxofonista, maestro e idealizador da Rumpilezz, tocou com o pessoal do Móveis no projeto Compacto Petrobras. “A linha de orquestração, de arranjo que eles seguem é única, um trabalho de melodias sobrepostas que me soa muito original”, comente Leite (também integrante da banda de Ivete Sangalo) sobre os brasilienses.

O maestro assina, com Duane, a produção de Cavaleiro selvagem aqui te sigo, terceiro e recém-lançado disco de Aydar. “Sou apaixonada pela Rumpilezz. A primeira vez que vi show deles me emocionei muito, chorei o show inteiro. Será muito bom dividir o palco com eles e com os Móveis”, conta Mariana. Juntos, os artistas devem tocar uma música dos Beatles.

Produtor do disco da Faluja, Henrique Portugal (Skank) indicou a banda brasiliense para Zé Ricardo, curador do Palco Sunset. “O Henrique tem um programa de rádio voltado para bandas novas e sugeriu ao Zé mostrar essa nova geração do pop rock brasileiro no festival”, conta o guitarrista Eduardo Azambuja. Como convidados para o show, a Faluja escolheu Artur Roman, vocalista do quarteto curitibano Sabonetes, Diego Miranda e Débora Teicher, respectivamente, vocalista e baterista da banda carioca Scracho.

A expectativa da Faluja, prestes a lançar o primeiro disco, é enorme. Para Eduardo, tocar no mesmo festival de várias bandas que ele sempre admirou é motivo de grande satisfação. Ao mesmo tempo, aumenta a responsabilidade. “Não sabemos se vamos tocar em outro Rock in Rio, então estamos preparando o nosso melhor”.

BSB in Rio
»
A história do rock de Brasília no Rock in Rio começa de maneira simbólica, logo na primeira edição do evento, em 1985, quando os Paralamas do Sucesso fecham seu show no festival com Química, música de Renato Russo que fazia parte tanto do repertório do trio carioca quanto da Legião Urbana. No terceiro Rock in Rio, em 2001, Brasília foi representada por Capital Inicial, Plebe Rude e Sem Destino — esta, vencedora do concurso cujo prêmio era a participação no festival.

Rock in Rio 2011
De hoje a 2 de outubro, no Rio de Janeiro, a partir das 14h40. Hoje: Paralamas do Sucesso + Titãs + Milton Nascimento, Elton John, Katy Perry, Rihanna e Claudia Leitte. Palco Sunset: Móveis Coloniais de Acaju + Orkestra Rumpilezz + Mariana Aydar; Ed Motta + Rui Veloso + Andreas Kisser; Bebel Gilberto + Sandra de Sá; The Asteroids Galaxy Tour + The Gift. Amanhã: Red Hot Chili Peppers, Snow Patrol, Stone Sour, Capital Inicial e NXZero. Palco Sunset: Marcelo Yuka + Cibelle + Karina Buhr + Amora Pêra; Tulipa Ruiz + Nação Zumbi; Milton Nascimento + Esperanza Spalding; Mike Patton/Mondo Cane + Orquestra de Heliópolis. Domingo: Metallica, Motörhead, Slipknot, Coheed and Cambria e Gloria. Palco Sunset: Matanza + BNegão; Korzus + The Punk Metal Allstars; Angra + Tarja Turunen; Sepultura + Tambours du Bronx. Informações: www.rockinrio.com.br.

Fonte: Correio Braziliense.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: